terça-feira, 9 de junho de 2015

Aquele vestido

Sempre faço uma vistoria no meu armário, arrumo roupas, sapatos, separo alguns itens para doação. 
Mas neste trabalho tem um tabu, sou proibida de doar um determinado vestido! Ele é um vestido básico, reto, verde com flores brancas, meio atemporal! Mas foi ele que eu vesti na viagem de nossa lua de mel, há mais de 18 anos atrás! 
De vez em quando o coloco! 
Não tenho meus vinte e poucos anos, mas ainda caibo e isto me enche de alegria!
Mudamos, o nosso corpo muda (foram duas gestações, uma delas gemelar e 18 anos depois), nossos sonhos mudam, muita coisa acontece, mas ter aquele vestido e vesti-lo de vez em quando dá uma sensação de raiz, de que o tempo pode não ser tão algoz assim!

Nenhum comentário:

Postar um comentário